1026

19 Jul 2019

| diretora: Edite Estrela

EDIÇÃO DIGITAL DIÁRIA DO ÓRGÃO OFICIAL INFORMATIVO DO PARTIDO SOCIALISTA

Luto por António Arnaut
Morreu o socialista que criou o SNS
AUTOR

Mary Rodrigues

DATA

21.05.2018

FOTOGRAFIA

dr

Morreu o socialista que criou o SNS

O presidente honorário do PS, fundador do Serviço Nacional de Saúde e cofundador do Partido Socialista, António Arnaut morreu hoje aos 82 anos, em Coimbra.


Poeta e escritor, com mais de três dezenas de livros publicados, Arnaut envolveu-se desde jovem na oposição ao Estado Novo e participou na comissão distrital de Coimbra da candidatura presidencial de Humberto Delgado.
Advogado, nasceu na Cumeeira, Penela, distrito de Coimbra, a 28 de janeiro de 1936, Arnaut fundou o SNS, tendo tido também um papel central na fundação do Partido Socialista, do qual é, desde há dois anos, presidente honorário.
Desempenhou funções como ministro dos Assuntos Sociais no II Governo Constitucional, foi também Grão-Mestre do Grande Oriente Lusitano, tendo sido agraciado com o grau de Grande-Oficial da Ordem da Liberdade e com a Grã-Cruz da Ordem da Liberdade.
Com a sua morte, desaparece uma figura central do Portugal democrático e uma referência do socialismo português.
A todos aqueles que pretendem despedir-se e render a última homenagem a António Arnaut, informa-se que o corpo estará hoje, a partir das 18h30, na igreja do Convento de São Francisco, Santa Clara.
Amanhã, terça-feira 22 de maio, terá lugar o funeral a partir das 16h30.

AUTOR

Mary Rodrigues

DATA

21.05.2018

Capa Edição Papel
 
EDIÇÃO Nº1413
Maio 2019