1084

11 Nov 2019

| diretora: Edite Estrela

EDIÇÃO DIGITAL DIÁRIA DO ÓRGÃO OFICIAL INFORMATIVO DO PARTIDO SOCIALISTA

Aniversário
Três anos de Acção Socialista Digital
AUTOR

Partido Socialista

DATA

09.03.2018

FOTOGRAFIA

Partido Socialista

Três anos de Acção Socialista Digital

O Acção Socialista Digital diário comemora o seu terceiro aniversário, que tem vindo a ser assinalado ao longo dos últimos dias. Nascido em fevereiro de 2015, como um projeto de comunicação inovador e exigente, procura honrar, mais de 700 edições depois, a mesma ambição de rigor, informação e divulgação, sempre dedicada aos nossos leitores, militantes e simpatizantes.

Hoje, a palavra é de quem nos honra com a sua leitura: 

 

O Acção Socialista, na sua edição digital, comemora o seu terceiro ano de publicação.

Sinalizando o essencial da ação política do PS, nas suas diferentes frentes institucionais, o ASD tornou-se uma companhia diária dos militantes e simpatizantes do partido e uma parte do seu espaço comunicacional.

Não serve para fazer propaganda a algo ou a alguém. Serve para dar nota enxuta do que vai sendo mais relevante e do que pode ou deve ser mais acompanhado na nossa relação com os assuntos do nosso País.

Os seus conteúdos são seguidos por muitos que, não sendo socialistas, se interessam pela política, como, também, pelos que, por razões profissionais, seguem a atividade partidária.

À Edite Estrela, bem como aos que com ela colaboram, envio as felicitações e o agradecimento pelo seu trabalho e pelo seu cuidado.

Carlos César
Presidente do Partido Socialista 
Presidente do Grupo Parlamentar do PS na Assembleia da República

 

O Ação Socialista Digital já faz três anos! Posso dizer que sou um utilizador diário, desde o primeiro dia, já que o lançamento coincidiu com o momento em que presidia ao Grupo Parlamentar do PS. Com a criação da versão digital do seu órgão central, o PS deu um exemplo de adequação da sua comunicação política aos novos tempos e às novas tecnologias. O Ação Socialista Digital é um instrumento de informação e formação de enorme utilidade a um combate político sério e consistente. É útil para os nossos eleitos, como elemento de informação, e é útil aos nossos militantes, para se orientarem neste contexto em que proliferam as opiniões e as análises. Depois de uns tempos de alguma decadência, a imprensa partidária e doutrinária vive um tempo de recuperação da relevância, resultante das próprias dinâmicas das redes sociais. As pessoas procuram informação, mas também argumentos que as ajudem a defender as suas ideias. O PS adaptou-se a tempo e tem no Ação Socialista um excelente exemplo de intervenção no espaço público, capaz de se renovar e posicionar nesta era das redes sociais. Parabéns Edite Estrela, parabéns Ação Socialista Digital por este aniversário!    

Eduardo Ferro Rodrigues
Presidente da Assembleia da República

 

Um dia, em 2015, reunimo-nos à volta de uma mesa no Rato para discutir como refrescar o Acção Socialista. Eu estava mais como observadora do que como participante. Pensei para mim, pelo que vi sobre o layout do jornal em papel que tinha à frente e ouvi sobre o seu impacto efetivo, que era mais daquelas missões quase impossíveis, uma espécie de "vaca voadora". Porém, a Edite Estrela e o resto da pequena equipa não desanimaram e comprometeram-se a levantar voo com o Acção Socialista Digital. 

Na semana passada, quando me pediu este depoimento e eu lhe perguntei sobre que queria que escrevesse, a Edite não hesitou em responder que era sobre os novos desafios. Com a ajuda do Pedro e da Carol, a quem agradeço o tempo de lazer sacrificado a esta causa, aqui ficam três "presentes" (um por cada ano de existência) muito sumariamente enunciados.

1. O tempo tecnológico é muito rápido e 2015 foi já há muito tempo. O tempo atual é muito mais personalizado e no minuto, vá lá na hora, o que significa que o ASD deveria ser atualizado várias vezes ao dia. 

Diferentes horários e diferentes destaques para diferente públicos alargariam o tipo e número de leitores, gerariam diferentes links para as redes sociais e dariam outra dinâmica à publicação.

2. Seria muito interessante a produção diária de pelo menos um pequeno vídeo, a publicar no Youtube, com a apresentação das principais notícias do dia ou uma delas (alguém desprendido a apresentar e a fechar e tudo o resto apenas ilustrado por imagens). 

3. E que tal o Acção Socialista Digital ser a entidade promotora de um debate sobre a questão da Comunicação Política Digital, isso mesmo, um debate provocador, plural nas abordagens e sei lá mesmo senão gerador de outros desafios?

Com os nossos parabéns a toda a equipa ASD e desejos que nunca aterre!

Maria Manuel Leitão Marques
Ministra da Presidência e da Modernização Administrativa

 

O Ação Socialista Digital acompanha-nos há 3 anos, trazendo 50 outros atrás.

Traduz, com uma notável sede de futuro e uma atenta exigência ao presente, a audácia, a visão e a intenção pragmática tão presente em novembro de 1964 quando - empurrados para longe daqui - Francisco Ramos da Costa, Mário Soares e Manuel Tito de Morais fundaram a Ação Socialista Portuguesa.

É por ter existido antes, que a Ação Socialista no ecrã, no papel e em todas as facetas da política, existe hoje como parceira primeira dos portugueses.

Agradeço, pois, nas pessoas da Edite Estrela e do António Costa, aos tantos que desde aí aprofundam e honram o que os imortais nos permitiram ser: um aliado ativo e sempre presente do Portugal democrático.

Tiago Brandão Rodrigues
Ministro da Educação

 

O Partido Socialista é um partido de liberdade e de respeito pela maior diversidade de opiniões e posições, dentro do nosso projeto de socialismo democrático e do nosso ideal de uma sociedade livre e aberta, inclusiva e empreendedora, protegendo os direitos sociais e regulando estrategicamente a economia.

É por isso que o nosso Ação Socialista Digital tem sido sempre um espaço aberto ao debate e ao diálogo, às ideias e às propostas inovadoras no espaço do socialismo em liberdade, que é o nosso.

Aqui deixo a minha sincera homenagem à cultura de liberdade e criatividade que o Ação Socialista Digital tem sabido sempre transmitir e defender.

Luís Filipe Castro Mendes
Ministro da Cultura

 

De todos os desafios que as organizações políticas enfrentam, o desafio de comunicar, e de o fazer com eficácia, será um dos de maior complexidade.

Se esse facto sempre foi verdadeiro, a comunicação política eficaz enfrenta hoje desafios ainda maiores, que vão desde uma relativa despolitização do espaço público ao facto de a informação fluir, hoje em dia, instantaneamente, causando uma sensação de submersão que dificulta a capacidade de todos para aferir a sua qualidade ou veracidade. 

Cabe às organizações políticas, seja a sua ação direcionada para a juventude ou não, conseguirem adaptar-se e estabelecer canais de comunicação que lhes permitam fazer chegar a sua mensagem aos militantes e a todos os que, não o sendo, veem no debate político democrático uma forma essencial de participação cívica.

Esses canais de comunicação serão tão mais eficazes quanto mais diversificados e complementares conseguirem ser. Se por um lado é importante manter as formas de comunicação "tradicionais", inovar e ousar adaptar estes canais às ferramentas que hoje estão à disposição de todos afigura-se como uma tarefa imprescindível. 

A "reinvenção" do Acção Socialista, com o lançamento, há três anos, da sua edição em formato digital e diário, é um bom exemplo disso mesmo. Um projeto pioneiro na comunicação partidária no nosso país, assumiu-se como um veículo privilegiado que permite ao PS promover o debate político e a transmissão da sua mensagem, ao mesmo tempo que consegue alcançar novos públicos que, de outra forma, poderiam não ver tão facilitada a sua aproximação ao nosso Partido.

Não tenho por isso nenhuma dúvida em afirmar que o Acção Socialista Digital é uma aposta ganha e que merece a nossa saudação, em particular à sua Diretora, a Camarada Edite Estrela, cuja visão e tenacidade foram essenciais para a concretização deste projeto que tanto nos orgulha: parabéns e continuação de bom trabalho!

Ivan Gonçalves
Secretário-geral da Juventude Socialista

 

Acção Socialista está de parabéns!

A política comunicacional é hoje um elemento essencial da afirmação de um Partido junto dos seus militantes e da sociedade civil em geral.

O Acção Socialista será porventura, neste momento, o Jornal digital de referência na divulgação de ideias e propostas e na mobilização das pessoas para a defesa dos ideais socialistas. Marca o seu tempo com rigor e objetividade e afirma-se como um elo de união em torno do partido e das suas políticas. Esse elemento distintivo do PS tem um rosto - Edite Estrela. 

O DNMS encontra sempre no Ação Socialista um parceiro indispensável para fazer chegar as suas mensagens a todas as pessoas e, através disso, mobilizar todos e todas para a ação política, para uma maior participação de mulheres e homens na defesa dos Direitos Humanos, como causas civilizacionais às quais ninguém pode ficar indiferente. 

Obrigada Edite Estrela por esta extraordinária, moderna e eficaz forma de divulgação de mensagens essenciais à participação política e à vida em sociedade. 

Elza Pais 
Presidente do Departamento Nacional das Mulheres Socialistas

 

O Acção Socialista Digital (ASD) acompanha-nos há três anos. Nesta política nacional onde nem todas as forças e ideias políticas têm o mesmo acesso à comunicação social, o ASD garante-nos, dia a dia, duas coisas importantes: informação sobre o que este governo do PS vai fazendo, tantas vezes para lá das expectativas que alguns tinham; espaço de debate, onde a pluralidade nunca nos abandona, fundada nos valores comuns. 

É notável que se tenha conseguido, com esta nova fórmula, trilhar dois caminhos que nem sempre se conciliam facilmente: por um lado, manter viva a tradição deste órgão de imprensa partidária, tão importante em inúmeras batalhas políticas decisivas para Portugal; por outro lado, adaptar este arauto aos novos tempos, às novas tecnologias e às novas formas de escrever e ler - e partilhar. 

Está de parabéns, desde logo, a sua Diretora - e todos quantos se dispõem e disponham a colaborar no contínuo reforço e renovação desta ferramenta política essencial: continuar a fazer do ASD um porto seguro da comunicação dos socialistas.

Porfírio Silva
Secretário Nacional do PS

 

É-me particularmente grato testemunhar o contributo que o Acção Socialista Digital ofereceu, ao longo destes três anos, e desde o seu primeiro número, para a informação - e, sobretudo, formação - de tantos militantes socialistas, através de um instrumento que logrou ser por todos hoje reconhecido como um espaço qualificado de liberdade.

Aos desafios abertos pela passagem do suporte em papel para o mundo digital, o ASD soube sempre responder de uma forma competente e eficaz, sendo de inteira justiça enaltecer aqui o mérito de todos quantos aqui vêm dando o melhor de si para o disponibilizar on-line todos os dias.

O Partido Socialista, sabemo-lo bem, foi sempre, desde a sua fundação, um projeto de futuro. É assim muito bom saber que poderemos, também nesse espaço aberto pelas novas tecnologias da comunicação, continuar a contar com o contributo diário do Acção Socialista Digital para a contínua divulgação e afirmação da mensagem do Partido Socialista.

À sua diretora, Edite Estrela, e a todos os que diariamente contribuem para a sua realização, deixo expresso o meu público agradecimento. Parabéns pelo 3º aniversário do ASD.

Filipe Neto Brandão
Deputado à Assembleia da República

 

Numa sociedade de informação como a nossa, é vital saber comunicar, informar, partilhar opinião e reflexão analítica de forma diária e acessível.

Num Partido com a dimensão e responsabilidade do PS, a capacidade de comunicar e veicular mensagem e informação política junto dos nossos militantes e de todos aqueles que o leem, adquire particular importância.

O Ação Socialista Digital soube de forma inteligente, moderna e apelativa ser um veículo diário de notícias sobre a ação governativa, parlamentar e local. A pluralidade do espaço opinião completa este Diário Digital que sabe de forma permanente reinventar- se e espelhar a dinâmica de um Partido cuja vivacidade e história se constrói diariamente, colocando no seu centro de ação a coesão, a igualdade e a justiça social, aspirando desde a sua fundação à felicidade coletiva.

Parabéns a toda a equipa e em particular à Edite Estrela que tem sabido "ser aquilo que importa".

Susana Amador
Deputada à Assembleia da República

 

Os três anos de sucesso do Acção Socialista Digital (ASD) demonstram que um projeto inovador nem sempre é arriscado. A distância a que os leitores tradicionais se encontravam do Jornal foi encurtada e foram atraídos novos leitores de novas gerações. 

O ASD inovou na tecnologia, na rapidez da comunicação e sobretudo nos conteúdos. O seu fecho a meio da tarde permite ter quase sempre notícias frescas. O seu conteúdo seleciona o politicamente mais interessante e duplica a visão oficiosa com a independência dos comentários assinados, nem sempre forçosamente coincidentes com a linha política oficial do PS. O que dá prestígio e força ao Jornal. 

Finalmente uma Edite Estrela resiliente e consistente, acompanhada por colaboradores competentes e dedicados garantiram o sucesso da iniciativa. 

Parabéns ASD e parabéns PS.

António Correia de Campos
Presidente do Conselho Económico e Social

 

Com tantos média a oferecer-nos a perspetiva neoliberal sobre o mundo, é importante ter um jornal online de qualidade que apresenta uma perspetiva progressista e multidisciplinar. 

Damos os nossos parabéns ao Acção Socialista! 

Richard Zimler
Escritor
e
Alexandre Quintanilha
Deputado à Assembleia da República

 

Não tenho partido mas gosto do PS. Certamente porque tenho lá amigos de longa data, alguns ainda do tempo do fascismo, outros que fiz entretanto. 

Também porque partilho muitas das ideias e da ação política corrente, sobretudo quando vão no sentido do futuro nos vários domínios, na educação, na ciência, na tecnologia, no ambiente, na administração pública e em tanta outra matéria. Tenho ainda em comum com o PS nunca ter hesitado na questão europeia, o mais importante desígnio político da minha geração. 

Mas sobretudo gosto do PS porque é o partido da Liberdade. E eu, não só como artista, prezo muito a liberdade. A minha e a dos outros. A liberdade é a base do engenho humano, da evolução social, cultural, científica e económica das sociedades. 

A liberdade é a base da criatividade e da inovação, fundamentais para a superação de tanto atraso civilizacional e criação do novo. E, nunca esquecendo, Liberdade para todos na linha de Mário Soares.

Leonel Moura
Artista Plástico

 

 

 

 

AUTOR

Partido Socialista

DATA

09.03.2018

Capa Edição Papel
 
EDIÇÃO Nº1414
Agosto 2019