990

24 Maio 2019

| diretora: Edite Estrela

EDIÇÃO DIGITAL DIÁRIA DO ÓRGÃO OFICIAL INFORMATIVO DO PARTIDO SOCIALISTA

Nações Unidas
António Guterres inspira Portugal a estar à altura dos valores mais exigentes
AUTOR

Partido Socialista

DATA

13.12.2016

FOTOGRAFIA

DR

António Guterres inspira Portugal a estar à altura dos valores mais exigentes

O primeiro-ministro português, António Costa, elogiou ontem “o discurso brilhante” de António Guterres na cerimónia de juramento como secretário-geral da ONU, salientando que cabe também a Portugal uma exigência acrescida para acompanhar os valores destacados pelo novo líder das Nações Unidas, em defesa da paz, da segurança, dos direitos humanos, do desenvolvimento sustentável ou da igualdade de género.

 

“Cria obviamente um quadro novo e exigente. Hoje a nossa responsabilidade é maior, de estar à altura e acompanhar esta agenda tão exigente que temos pela frente e que o engenheiro António Guterres elegeu de forma brilhante no discurso que fez”, afirmou o chefe do Governo português, em Nova Iorque.

“Portugal agora tem o dever de estar na primeira linha do respeito por estes valores e ajudar António Guterres a cumprir este mandato no quadro das Nações Unidas”, acrescentou o primeiro-ministro.

António Costa voltou ainda a destacar que António Guterres chegou a este alto cargo internacional “pelos seus méritos”, lembrando que nunca a escolha de um secretário-geral das Nações Unidas tinha sido tão democrática e escrutinada no seu processo de seleção.

“Transcendeu-se a si próprio e tenho a certeza que ao longo deste mandato o irá fazer também. Só isso explica uma unidade nacional e uma unidade nas Nações Unidas”, sublinhou.

 

Unidade nacional

“Um dia de unidade nacional”, foi como o Presidente da República, por sua vez, classificou o dia de ontem, dirigindo uma felicitação a todos os portugueses e cumprimentando o Governo e a diplomacia portuguesa pelo “papel essencial” que desempenharam no processo da candidatura, assim como todos os partidos com assento parlamentar.

O chefe de Estado destacou ainda, e sobretudo, a “peça nuclear” deste processo que envolveu os portugueses: o próprio António Guterres. “Mais nenhum português teria conseguido este êxito, que não é um êxito nacional, é um êxito universal”, sublinhou.

 

Um dos melhores de todos nós

O presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues, dirigiu também uma mensagem ao novo secretário-geral das Nações Unidas, desejando-lhe, em seu nome pessoal e do Parlamento português, “os maiores sucessos” para o seu mandato, tendo destacado António Guterres como “um dos melhores de todos nós”. 

“O engenheiro António Guterres é um dos melhores de todos nós, encontrando-se particularmente preparado para enfrentar, como secretário-geral das Nações Unidas, a complexidade dos problemas do mundo atual”, considerou Ferro Rodrigues, na missiva.

Capa Edição Papel
 
EDIÇÃO Nº1413
Maio 2019