1066

15 Out 2019

| diretora: Edite Estrela

EDIÇÃO DIGITAL DIÁRIA DO ÓRGÃO OFICIAL INFORMATIVO DO PARTIDO SOCIALISTA

Startup Portugal
Um país mais amigo do empreendedorismo e da inovação
AUTOR

J. C. Castelo Branco

DATA

07.06.2016

FOTOGRAFIA

DR

Um país mais amigo do empreendedorismo e da inovação

Com o Startup Portugal, “é possível fazer deste país o país mais atrativo e amigo do empreendedorismo da Europa”, afirmou ontem o primeiro-ministro, António Costa, que reiterou a aposta do Governo na nova economia criada pela indústria 4.0.

 

O primeiro-ministro discursava na apresentação do Startup Portugal, Estratégia Nacional para o Empreendedorismo, numa sessão realizada no Porto e que contou com a presença do ministro da Economia.

“O que visa este programa Startup Portugal é fazer à escala nacional o que cada município fez no seu próprio município. Este é um trabalho que temos que fazer em conjunto” afirmou António Costa.

O primeiro-ministro sustentou que Portugal pode ser “o país da Europa mais acolhedor” para a nova economia criada pela indústria 4.0, não só pelas medidas do programa Startup Portugal, mas porque “nesta economia o fundamental é o talento. A capacidade de o criar, de o fixar e de o atrair”.

Referindo que o país tem “a geração mais qualificada de portugueses”, defendeu que “não nos podemos dar ao luxo de desperdiçar essa geração”, para a qual Portugal tem “qualidades fantásticas para criar empresas”.

 

Crescimento depende cada vez mais das startup

Por sua vez, o ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, defendeu que “o crescimento económico depende cada vez mais” das empresas startup, “não pelas startup que ficam startup a vida toda, mas por aquelas que pela sua ousadia se fazem grandes”.

Segundo o governante, o Startup Portugal faz parte não só da estratégia de inovação do Governo, mas também da “estratégia económica centrada em criar valor, pelo conhecimento, pela valorização do talento das pessoas, pela atração de talento para Portugal”.

Manuel Caldeira Cabral sublinhou ainda que o programa Startup Portugal não se limita a fazer a integração de políticas já existentes, tendo “medidas concretas, com implementação concreta, que vão ser concretizadas nos próximos meses”.

O programa Startup Portugal, Estratégia Nacional para o Empreendedorismo, que foi apresentado pelo secretário de Estado da Indústria, João Vasconcelos, inclui 15 medidas para incrementar o empreendedorismo

AUTOR

J. C. Castelo Branco

DATA

07.06.2016

Capa Edição Papel
 
EDIÇÃO Nº1414
Agosto 2019