1065

14 Out 2019

| diretora: Edite Estrela

EDIÇÃO DIGITAL DIÁRIA DO ÓRGÃO OFICIAL INFORMATIVO DO PARTIDO SOCIALISTA

Socialistas elegem 19 deputados e afirmam-se como alternativa na região
PS alcança melhor resultado de sempre na Madeira
AUTOR

João Quintas

DATA

23.09.2019

FOTOGRAFIA

dr

PS alcança melhor resultado de sempre na Madeira

O PS alcançou "um resultado histórico, o melhor de sempre". “Praticamente quadruplicámos o número de votos em relação às anteriores eleições”, salientou ontem o Secretário-geral socialista, António Costa.

 

Após a divulgação dos resultados oficiais das eleições legislativas regionais madeirenses, que tiveram lugar este domingo, António Costa sublinhou que o PS alcançou “um resultado histórico, o melhor de sempre".

“O resultado mais significativo foi o do PS. O PS obteve um resultado histórico, o melhor de sempre, com uma notável recuperação em relação há quatro anos”, sublinhou, em referência ao Partido Socialista ter conquistado 35,76% da votação (51.207 votos) e obtido 19 mandatos, uma subida exponencial em relação aos 5 mandatos de 2015.

António Costa lembrou que “o melhor resultado do PS tinha sido de 27% e, praticamente, quadruplicámos o número de votos em relação às anteriores eleições [em 2015]. Por isso, quero saudar o líder do PS/Madeira, Emanuel Câmara, e Paulo Cafôfo, que nos honrou, encabeçando a lista do PS para presidente do Governo Regional”.

“Estou certo de que poderemos contar com o PS/Madeira e com Paulo Cafôfo para continuar a construir uma alternativa na Região Autónoma e a reforçar o Partido Socialista na Região", afirmou.

Na declaração proferida este domingo na sede nacional do PS, em Lisboa, António Costa começou por “saudar os madeirenses e porto-santenses por esta grande manifestação de autonomia regional numas eleições que começaram por se saldar, em primeiro lugar, por uma redução muito significativa da abstenção e pelo aumento da participação democrática”.

O líder socialista revelou também que tinha já felicitado o presidente do PSD, Rui Rio, e o presidente do PSD/Madeira, Miguel Albuquerque, referindo, a propósito da construção de soluções governativas para a Região, que essa é uma matéria sobre a qual entende não dever pronunciar-se, respeitando "totalmente a autonomia regional e a autonomia do PS/Madeira quanto à sua ação política”.

 

Manter todos os compromissos

Falando, depois, na condição de líder do Governo socialista, António Costa garantiu que manterá "todos os compromissos", nomeadamente, a redução dos juros da dívida da região autónoma da Madeira à República e a construção do novo Hospital do Funchal.

"Quero reafirmar os compromissos do PS com os madeirenses e porto-santenses, que, como sempre dissemos, seriam independentes da solução governativa que venha a ser encontrada", afirmou.

António Costa declarou, neste sentido, que pretende “fazer repercutir nos juros da dívida da Madeira à República a forte redução dos juros da dívida da República em relação ao exterior", bem como "continuar a apoiar projetos de interesse comum, como seja o novo Hospital do Funchal".

"Assumimos o compromisso de continuar a trabalhar solidariamente com as instituições da região para defender os seus interesses no quadro da negociação do próximo Quadro Comunitário de Apoio e para defender os interesses da região em Bruxelas em assuntos que se encontram em aberto. Vamos trabalhar em conjunto com as regiões autónomas da Madeira e dos Açores para o desenvolvimento da autonomia regional no interesse comum das regiões e da República, ou seja, de Portugal", afirmou.

 

 

AUTOR

João Quintas

DATA

23.09.2019

Capa Edição Papel
 
EDIÇÃO Nº1414
Agosto 2019