1047

18 Set 2019

| diretora: Edite Estrela

EDIÇÃO DIGITAL DIÁRIA DO ÓRGÃO OFICIAL INFORMATIVO DO PARTIDO SOCIALISTA

INFRAESTRUTURAS
Governo quer consenso no investimento rodoviário
AUTOR

João Quintas

DATA

19.07.2018

FOTOGRAFIA

dr

Governo quer consenso no investimento rodoviário

O Governo pretende debater as prioridades com todos os agentes para conseguir alcançar “o maior consenso possível, sobretudo junto de todos os partidos”, afirmou o ministro Pedro Marques.

 

Definir as prioridades do investimento para o setor ferroviário é o objetivo anunciado pelo ministro das Infraestruturas e Planeamento, Pedro Marques, durante uma sessão temática que teve lugar ontem, na sede da Infraestruturas de Portugal, em Almada.

É com este espírito de diálogo que Pedro Marques manifestou a vontade e interesse em recolher contributos para a elaboração do Programa Nacional de Investimentos 2030, por forma a evitar “avanços e recuos nos principais investimentos e infraestruturas” sistemáticos, disse o ministro.

O governante referiu que “estamos a realizar um debate com a sociedade para depois chegar a um consenso político”, afirmando ainda “queremos evitar esta situação que o país tem tido ao longo destas décadas”, disse Pedro Marques.

O ministro sublinhou que a programação de “investimentos com um nível de consensualização adequada” deve ser definida e uma execução tendo por base «fontes de financiamento credíveis”, pois, “era muito fácil fazer um consenso sobre um investimento estratosférico de 30 ou 40 milhões de euros, cabia tudo, mas depois não se concretizava um décimo desse investimento. Não é esta a nossa intenção”, considerou Pedro Marques.

A sessão temática contou com a presença dos representantes da Infraestruturas de Portugal, da Confederação Empresarial de Portugal (CIP), da Associação Nacional de Municípios (ANMP), do Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC), da Ordem dos Engenheiros (OE), da Associação Nacional de Transportadores Rodoviários de Pesados de Passageiros (ANTROP) e da Associação Nacional de Transportes Públicos Rodoviários (ANTRAM).

Capa Edição Papel
 
EDIÇÃO Nº1414
Agosto 2019