1008

25 Jun 2019

| diretora: Edite Estrela

EDIÇÃO DIGITAL DIÁRIA DO ÓRGÃO OFICIAL INFORMATIVO DO PARTIDO SOCIALISTA

Orçamento Europeu
PS/Açores quer todas as forças políticas da região unidas contra a proposta de Bruxelas

PS/Açores quer todas as forças políticas da região unidas contra a proposta de Bruxelas

O grupo Parlamentar do PS/Açores vai apresentar na próxima semana, na sessão plenária da Assembleia Legislativa da Região Autónoma, uma proposta de resolução para que o Parlamento açoriano se “prenuncie globalmente” sobre a projeto de Orçamento Europeu anunciado há dias em Bruxelas.

 

Esta informação foi tornada pública, em conferência de imprensa, na passada quinta-feira pelo líder da bancada socialista, no encerramento das Jornadas Parlamentares do PS/Açores, tendo na altura André Bradford desafiado as restantes forças políticas da região a unirem-se “num posicionamento comum e articulado” de contestação à proposta de Orçamento apresentada pela Comissão Europeia, que os socialistas açorianos consideram que prejudica fortemente o setor agrícola da região.

Para o PS/Açores, a proposta inicial de Orçamento comunitário defendida pela Comissão Europeia é “insuficiente e desadequada”, sublinhando, contudo, o deputado socialista que o momento “não é para desistir, mas sim para unir esforços”, uma vez que se trata de um processo negocial que exige união e bom senso de todos, e não ser este o momento para se estar a “pedir à República que compense os eventuais cortes”, uma atitude que o PS/Açores considera que iria “prejudicar o esforço negocial do país”.

 

Sintonia nas questões fundamentais

Quanto à relação do Governo regional, liderado pelo presidente Vasco Cordeiro, com os agentes do setor agrícola, André Bradford, não escondendo existirem algumas discordâncias, lembrou, contudo, que persiste também uma grande “sintonia” quanto a questões fundamentais relacionadas com o futuro da economia açoriana, designadamente, como salientou, na necessidade de “inovar naquilo que se produz” e, com isso, “adicionar à matéria prima valor”, para que os produtos agrícolas da região possam ter maior aceitação nos mercados.

Em relação a um dos problemas concretos que mais afetam os produtos agrícolas açorianos, André Bradford considerou, neste encontro com os jornalistas após as jornadas parlamentares do PS/Açores, que o preço do leite pago ao produtor continua a ser um ponto negativo, considerando mesmo tratar-se de um aspeto que não é “aceitável”, defendendo que a indústria deve ser “tão rápida em tempos de retoma, como é em tempos de crise”.

 

Recandidatura de Vasco Cordeiro

O atual presidente do Governo regional dos Açores, Vasco Cordeiro, confirmou esta quinta-feira que vai de novo candidatar-se à liderança do PS/Açores nas eleições marcadas para 22 e 23 de junho.

Foi no passado dia 7 de junho que Vasco Cordeiro formalizou a sua candidatura à liderança do PS/Açores com a entrega, na sede regional do PS, de mais de seis centenas de assinaturas de militantes socialistas, de todas as nove ilhas, que subscreveram a sua candidatura à liderança do partido.

As eleições diretas para a presidência do PS/Açores estão agendadas para os próximos dias 22 e 23 deste mês de junho, altura em que serão também eleitos os órgãos locais do PS e os delegados ao XVII Congresso do PS/Açores, que terá lugar na ilha Terceira, no concelho da Praia da Vitória, entre os dias 14 e 16 de setembro de 2018.

Capa Edição Papel
 
EDIÇÃO Nº1413
Maio 2019