1044

13 Set 2019

| diretora: Edite Estrela

EDIÇÃO DIGITAL DIÁRIA DO ÓRGÃO OFICIAL INFORMATIVO DO PARTIDO SOCIALISTA

Pesar
Uma Mensagem de Vida
AUTOR

Partido Socialista

DATA

21.05.2018

FOTOGRAFIA

dr

Uma Mensagem de Vida

Ao tomar conhecimento da morte da António Arnaut, o Secretário-geral do PS e primeiro-ministro de Portugal, António Costa, enviou uma mensagem na qual relembra a personalidade carismática do histórico fundador socialista, que, assegurou: “Será para sempre o pai do SNS”.
O Acção Socialista Didital diário reproduz na íntegra o texto assinado pelo líder do PS.


Há alguns meses o Arnaut ligou-me. Queria deixar-me à vontade para propor a sua substituição como Presidente Honorário do PS. «Ó Costa, tu sabes que a doença não me deixa fazer tudo o que eu quero e o Partido precisa.» Insisti e aceitou, com o espírito de militância de sempre. Sabíamos os dois que mais importante que a disponibilidade física para estar presente nas iniciativas do Partido era a honra que nos dava, consentindo-nos a homenagem que merecidamente lhe prestámos em vida. Ao fundador do PS, ao militante, dirigente, deputado, governante, cidadão livre, que lutou pela Liberdade.

Jurista ilustre, escritor permanente, o António Arnaut será para sempre o «pai do SNS», pilar fundamental do Estado Social, conquista maior de Abril e uma das principais marcas da ação governativa do PS.

A vida forçou-o nos últimos anos a dedicar-se à sua própria saúde, mas nunca deixou de cuidar da saúde de todos nós.

No último sábado, telefonei-lhe a perguntar se subscrevia a recandidatura do Carlos César a Presidente do PS – «Claro pá, com muito gosto», respondeu de imediato – e se conseguiria passar pelo Congresso.

Explicou-me que acabava de ser de novo internado e que seria difícil ir, mas que falaríamos durante a semana, para ver se iria ou se enviava uma mensagem. Não o vamos ter connosco e não teve tempo de escrever a mensagem.

Mas antes de nos despedirmos repetiu-me a mensagem da sua vida, «ó Costa, têm de aguentar o SNS». Partilho as suas palavras para que a mensagem chegue a todos e possa passar de geração em geração como testemunho de uma honrosa e desafiante responsabilidade que herdamos, hoje e para sempre, da valorização do SNS.

António Costa

Capa Edição Papel
 
EDIÇÃO Nº1414
Agosto 2019