1006

19 Jun 2019

| diretora: Edite Estrela

EDIÇÃO DIGITAL DIÁRIA DO ÓRGÃO OFICIAL INFORMATIVO DO PARTIDO SOCIALISTA

Incêndios florestais
Governo já apoiou 202 famílias e 1800 postos de trabalho

Governo já apoiou 202 famílias e 1800 postos de trabalho

O Governo, através da Segurança Social, já concedeu até agora a 202 famílias afetadas pelos incêndios de outubro do ano passado cerca de 104 mil euros para ajudar em pagamentos como rendas de casa, luz, água ou medicamentos.


Segundo o Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social (MTSS), cerca de 500 beneficiários de duzentas famílias carenciadas já receberam mais de cem mil euros de ajudas do Estado, no contexto dos incêndios dos dias 15 e 16 de outubro passado.
O Ministério liderado por José António Vieira da Silva refere também que o Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP), no contexto do incentivo financeiro extraordinário às empresas para a manutenção dos postos de trabalho, apoiou já, com cerca de seis milhões de euros, dos 7,6 milhões aprovados, perto de 1800 postos de trabalho afetados pelos fogos de outubro de 2017.
Ainda de acordo com o gabinete do MTSS, foram igualmente encaminhados para ações de formação profissional cerca de 11900 desempregados que “ficaram sem trabalho ou cujas empresas deixaram de ter capacidade produtiva na sequência dos incêndios”, tendo ainda esta ajuda do Estado sido também estendida a desempregados “residentes nos concelhos afetados”.
Mas outras iniciativas foram ainda aprovadas para apoiar as zonas e as populações afetadas pelos incêndios, como garante o MTSS, designadamente, ao ter sido aprovado pelo Governo um regime excecional entre entidades empregadoras e trabalhadores independentes de isenção, “total ou parcial”, do pagamento de contribuições à Segurança Social.

Capa Edição Papel
 
EDIÇÃO Nº1413
Maio 2019