1006

19 Jun 2019

| diretora: Edite Estrela

EDIÇÃO DIGITAL DIÁRIA DO ÓRGÃO OFICIAL INFORMATIVO DO PARTIDO SOCIALISTA

Direitos do Consumidor
Livro de Reclamações Eletrónico com seis meses de balanço positivo
AUTOR

Partido Socialista

DATA

07.03.2018

FOTOGRAFIA

DR

Livro de Reclamações Eletrónico com seis meses de balanço positivo

O Livro de Reclamações Eletrónico, que se encontra disponível desde 1 de julho de 2017 para diversos serviços públicos essenciais, faz um balanço do seu primeiro semestre de funcionamento, registando, neste período, mais de 23 mil reclamações e confirmando-se, nas palavras do secretário de Estado do Comércio, como um instrumento de "boa e fácil adesão" e que "reforça a defesa dos direitos dos consumidores".

 

Nos seus primeiros seis meses de funcionamento, esta nova plataforma digital registou 467.876 visualizações, 23.007 reclamações e 2.298 pedidos de informação, reforçando a defesa dos consumidores em serviços públicos considerados essenciais, como as comunicações eletrónicas, correios, eletricidade, gás natural, águas e resíduos.

O maior número de reclamações por esta via verificou-se nos sectores regulados pela Autoridade Nacional das Comunicações (Anacom), com 17.303, seguindo-se a Entidade Reguladora dos Serviços Energético (ERSE), com 4.983, e a Entidade Reguladora dos Serviços de Água e Resíduos (ERSAR), com 721.

Em termos globais, os consumidores apresentaram no ano passado nas versões física e eletrónica do Livro de Reclamações um total de mais de 373 mil reclamações, um aumento de 15% face a 2016.

Para Paulo Alexandre Ferreira, este incremento, que tem vindo a consolidar-se nos últimos anos, poderá explicar-se pelo facto de os consumidores "estarem mais conscientes dos seus direitos e da forma como os podem exercer", mas também, como aludiu, "com o incremento da atividade económica em Portugal", particularmente patente no ano transato.

"O Livro de Reclamações Eletrónico veio aumentar o acesso dos consumidores a este importante instrumento de defesa dos seus direitos", concluiu o governante.

 

 

 

 

 

 

AUTOR

Partido Socialista

DATA

07.03.2018

Capa Edição Papel
 
EDIÇÃO Nº1413
Maio 2019