1005

18 Jun 2019

| diretora: Edite Estrela

EDIÇÃO DIGITAL DIÁRIA DO ÓRGÃO OFICIAL INFORMATIVO DO PARTIDO SOCIALISTA

Comissão Nacional da JS
Fim da precariedade no sistema científico na agenda dos jovens socialistas
AUTOR

Partido Socialista

DATA

28.02.2018

FOTOGRAFIA

JS

Fim da precariedade no sistema científico na agenda dos jovens socialistas

A Comissão Nacional da Juventude Socialista reuniu no passado domingo, em Almodôvar, num encontro que promoveu uma ampla discussão sobre a atual situação política nacional e internacional, e que dedicou particular atenção à atual situação dos vínculos precários no Ensino Superior e no sistema científico nacional.

 

Face às recentes notícias que têm vindo a público, de que investigadores, bolseiros e professores convidados, atualmente a exercer funções de necessidade permanente, estão a ser impossibilitados de ver a sua situação laboral regularizada e de declarações públicas dos reitores das Universidades concordantes com esta situação, os jovens socialistas tomaram posição formal no sentido de exigir ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior uma clarificação da sua opinião sobre estas situações, lembrando a política de combate à precariedade assumida pelo atual Governo e em concretização nas restantes áreas da administração pública.

"É imperioso que sejam regularizados todos os vínculos precários no Ensino Superior, integrando com contratos sem termo o grande número de trabalhadores a recibos verdes ou bolseiros que cumprem necessidades permanentes do sistema e se inicie um processo de contratação de investigadores", afirmou, sobre o tema, o Secretário-geral da JS, Ivan Gonçalves.

O líder dos jovens socialistas referiu ser "indispensável que o atual Governo continue o caminho de transformação para melhor da sociedade portuguesa e cumpra com a palavra dada aos portugueses".

Nesse sentido, acrescentou, "à semelhança do que está a acontecer com outros sectores da Administração Pública, é imperioso que sejam regularizados todos os vínculos precários no Ensino Superior, integrando com contratos sem termo o grande número de trabalhadores a recibos verdes ou bolseiros que cumprem necessidades permanentes do sistema e se inicie um processo de contratação de investigadores que até ao momento desenvolviam o seu trabalho como bolseiros Pós-Doc".

 

Próximo quadro financeiro europeu

Os membros da Comissão Nacional da JS discutiram também a apresentação de uma resolução sobre o próximo Quadro Financeiro Plurianual europeu, que começará em 2021, com a Comissão Europeia a apresentar uma primeira proposta em maio de 2018.

A resolução, aprovada por unanimidade, e que será apresentada no próximo Bureau da Young European Socialists (YES), organização que reúne os jovens socialistas a nível europeu, agrega um conjunto de reivindicações que esta estrutura deverá defender junto do Partido Socialista Europeu e das demais instâncias europeias, uma vez que a discussão sobre o próximo quadro financeiro é uma janela de oportunidade que é crucial para uma Europa mais progressista e solidária.

Nesta reunião, e além dos pontos informativos relativos às atividades desenvolvidas pela organização nos últimos meses e à preparação das atividades futuras, houve ainda oportunidade para conhecer e debater o documento do Gabinete de Estudos e Formação da JS com "Propostas para a regulamentação do trabalho sexual em Portugal".

 

 

 

AUTOR

Partido Socialista

DATA

28.02.2018

Capa Edição Papel
 
EDIÇÃO Nº1413
Maio 2019