1008

25 Jun 2019

| diretora: Edite Estrela

EDIÇÃO DIGITAL DIÁRIA DO ÓRGÃO OFICIAL INFORMATIVO DO PARTIDO SOCIALISTA

Governo
Prémio Mário Ruivo distingue projetos escolares sobre o mar

Prémio Mário Ruivo distingue projetos escolares sobre o mar

O Governo lançou ontem, em Almada, o prémio nacional “Mário Ruivo - Gerações Oceânicas”, dirigido aos alunos dos ensinos básico e secundário para distinguir projetos realizados em contexto escolar sobre a importância do Oceano nas diversas componentes da vida humana: física, social ou cultural.

 

Os Ministérios do Mar, da Cultura e da Educação associaram-se na criação deste galardão com o nome de Mário Ruivo, homenageando assim o reconhecido biólogo e especialista em oceanografia, falecido há um ano.

O lançamento oficial decorreu na Escola Secundária Anselmo de Andrade, estabelecimento de ensino que desenvolve desde há vários anos projetos escolares relacionados com a temática do mar, numa cerimónia onde marcaram presença os ministros Ana Paula Vitorino, Tiago Brandão Rodrigues e Luís Filipe Castro Mendes, e que teve como anfitriã a presidente da Câmara Municipal de Almada, Inês de Medeiros

Para participar, os alunos do 3º ciclo dos ensinos básico e secundário devem constituir equipas de 4 a 8 elementos de diferentes anos escolares e elaborar um projeto sobre a temática do mar, registando-o em filme.

“Pretende-se que façam um filme sobre um assunto à sua escolha sobre o mar. Pode ser sobre peixes, desportos náuticos, limpeza dos oceanos, preservação, transportes marítimos. Tem de ser um assunto à escolha deles que permita aumentar o conhecimento sobre o mar e ainda da sua ligação com as pessoas comuns”, explicou a ministra do Mar, Ana Paula Vitorino.

As inscrições devem ser efetuadas até dia 16 de maio de 2018 e os filmes enviados até 18 de maio. A equipa vencedora poderá ganhar um prémio de cinco mil euros, distinguindo-se ainda um segundo e terceiro classificados com um prémio de 1.500 euros, que revertem para a escola, destinando-se à aquisição de materiais educativos relacionados com o Oceano.

Todos os alunos premiados terão direito a uma experiência de mar e a uma visita ao navio de investigação “Mar Portugal”.

“Que as novas gerações entendam que o Oceano é uma mais valia, porque é dele que dependemos, e que as escolas alavanquem projetos como estes, fundamentais na pedagogia, flexibilidade e autonomia”, advogou o ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues.

Referindo-se, por sua vez, à figura do homenageado, o ministro da Cultura, Luís Filipe Castro Mendes, assinalou que este prémio é “uma sentida homenagem a quem tanto fez pela preservação dos oceanos”.

Considerado um pioneiro na defesa dos oceanos e no lançamento das temáticas ambientais e de desenvolvimento sustentável em Portugal, o biólogo e investigador Mário Ruivo foi também ministro dos Negócios Estrangeiros e secretário de Estado das Pescas, desempenhando ainda diversos cargos científicos e académicos em instituições nacionais e internacionais.

Capa Edição Papel
 
EDIÇÃO Nº1413
Maio 2019