1050

23 Set 2019

| diretora: Edite Estrela

EDIÇÃO DIGITAL DIÁRIA DO ÓRGÃO OFICIAL INFORMATIVO DO PARTIDO SOCIALISTA

Agenda para a Inovação
Governo dos Açores alia tecnologia ao progresso económico
AUTOR

Rui Solano de Almeida

DATA

29.01.2018

FOTOGRAFIA

DR

TÓPICOS

Governo dos Açores alia tecnologia ao progresso económico

O Governo Regional dos Açores anunciou que vai lançar na ilha de São Miguel, em parceria com a Câmara Municipal da Lagoa e a Universidade açoriana, o primeiro Parque de Ciência e Tecnologia da região.

 

Integrada na Rede Regional de Incubadoras, o futuro Parque de Ciência e Tecnologia da ilha de São Miguel, segundo o Governo da região, representa um novo “agente catalisador de sinergias nos processos de inovação” com claro impacto, como defende o Executivo açoriano, quer no presente, quer no futuro, da economia real.

Na perspetiva do Governo desta região autónoma, a Agenda para a Inovação vai permitir que haja uma mais adequada articulação entre todas as entidades governamentais, associações empresariais e centros de reconhecimento na aplicação das medidas criadas, permitindo que o acesso, não só ao conhecimento, como a “novas ferramentas tecnológicas de informação e gestão”, seja mais fácil.

O Executivo açoriano, liderado pelo socialista Vasco Cordeiro, lembra ainda que o objetivo desta iniciativa é antes de mais “fomentar a inovação empresarial e a investigação aplicada”, tendo em vista o desenvolvimento económico da região, de forma “coesa e sustentada”, não deixando, contudo de sublinhar que esta Agenda para a Inovação, visa igualmente “contribuir para a robustez da competitividade futura do tecido empresarial em todas as ilhas.

Uma das áreas onde o Governo Regional dos Açores considera que existem claras potencialidades é nas ciências médicas, designadamente, como sublinha, no aproveitamento das “atividades vulcânicas” ou na criação de produtos “derivados das nascentes e fontes hidrotermais”, para o desenvolvimento de “compostos farmacêuticos, higiénicos ou de beleza”.

O Executivo açoriano recorda ainda que para além dos investimentos já realizados ou a realizar brevemente nas áreas das tecnologias espaciais, o potencial de exploração do mar e das chamadas tecnologias limpas do sector da energia representam oportunidades muito atrativas para novos negócios e criação de riqueza, problemáticas que se enquadram preferencialmente nos “objetivos e medidas contempladas”.

 

A escolha de uma liderança

Para liderar o conselho de administração do Parque de Ciência e Tecnologia de São Miguel (NONAGON), o Governo dos Açores indicou o nome do professor Arnaldo Machado, licenciado em Organização e Gestão de Empresas pela Universidade dos Açores, onde é docente, membro do Conselho Geral da Instituição Financeira de Desenvolvimento desde março de 2017, tendo já exercido igualmente os cargos de presidente do conselho de administração da Sociedade para o Desenvolvimento Empresarial dos Açores (SDEA), representante da região na Comissão de Acompalhaqmento do Programa Operacional de Fatores de Competitividade (COMPETE), de diretor regional de Apoio à Coesão Económica e de diretor regional de Apoio ao Investimento e à Competitividade.

 

 

 

 

AUTOR

Rui Solano de Almeida

DATA

29.01.2018

TÓPICOS
Capa Edição Papel
 
EDIÇÃO Nº1414
Agosto 2019