1050

23 Set 2019

| diretora: Edite Estrela

EDIÇÃO DIGITAL DIÁRIA DO ÓRGÃO OFICIAL INFORMATIVO DO PARTIDO SOCIALISTA

Guarda
JS com jornadas dedicadas ao Interior
AUTOR

Partido Socialista

DATA

18.01.2018

FOTOGRAFIA

dr

JS com jornadas dedicadas ao Interior

No passado fim-de-semana, a Juventude Socialista realizou dois encontros no distrito da Guarda, com a participação de dirigentes e responsáveis políticos nacionais e locais, numa iniciativa que se inseriu no compromisso que a organização dos jovens socialistas tem dedicado aos temas do interior e da coesão territorial.

 

No sábado, dia 13 de janeiro, decorreu em Fornos de Algodres um encontro informal com dirigentes de territórios que estão, na sua totalidade, situados no interior do país, no qual estiveram presentes as estruturas federativas da JS do Baixo Alentejo, Bragança, Évora, Guarda, Vila Real e Viseu.

Depois de recebidos pelo presidente da Câmara Municipal de Fornos de Algodres, Manuel Fonseca, e por militantes da concelhia local da JS, presidida por Rodrigo Costa, os dirigentes tiveram uma reunião de trabalho para refletir na linha de ação futura que a Juventude Socialista deverá ter nos temas ligados à coesão territorial.

O encontro, que contou ainda com a presença do Secretário-geral da JS, Ivan Gonçalves, serviu para assumir este tema como um desígnio prioritário da Juventude Socialista, sob compromisso de associar os jovens socialistas ao esforço já protagonizado pelo atual Governo, e por outros agentes políticos e sociais, no sentido de valorizar as potencialidades das regiões de baixa densidade populacional do nosso país.

Por sua vez, no domingo, dia 14 de janeiro, a JS reuniu o seu Secretariado Nacional na cidade da Guarda. Um dos pontos principais na ordem de trabalhos do órgão executivo dos jovens socialistas foi o planeamento trimestral da intervenção política da organização, com particular incidência em propostas e atividades que tratem as questões da coesão do território nacional. Foi ainda analisado o atual período de eleições internas na JS, onde houve tempo para tomar várias decisões que permitirão concluir de forma célere este importante período da vida interna da organização e onde destacado foi destacado o indispensável apoio e dedicação dos funcionários da sede nacional, pelo seu exemplar desempenho em todo o processo de suporte às estruturas locais e regionais da JS.

Nas palavras de Ivan Gonçalves, Secretário-geral da JS, “estas duas reuniões procuraram adensar a reflexão que tem sido feita na Juventude Socialista sobre as questões da coesão territorial do nosso país“. 

O líder dos jovens socialistas e vice-presidente do Grupo Parlamentar do PS na Assembleia da República afirmou também que “Portugal enfrenta hoje uma litoralização progressiva, com as regiões do interior a serem votadas ao esquecimento e consequente despovoamento, envelhecimento e empobrecimento”, defendendo que “são necessárias novas formas de desenvolvimento regional que assegurem o bem-estar e o acesso generalizado a serviços de interesse e utilidade para as populações, de forma igual em todo o território“.

Por seu lado, Fábio Pinto, secretário nacional e presidente da Federação Distrital da Guarda da Juventude Socialista, destacou a relevância destas duas iniciativas, na medida em que “colocam toda a estrutura da JS na linha da frente pela defesa dos interesses das regiões, no sentido de valorizar as potencialidades do interior do nosso país e de lutar pela garantia de igual acesso de oportunidades, só possível com um acérrimo combate às assimetrias existentes entre as zonas de alta e baixa densidade populacional”.

AUTOR

Partido Socialista

DATA

18.01.2018

Capa Edição Papel
 
EDIÇÃO Nº1414
Agosto 2019