1006

19 Jun 2019

| diretora: Edite Estrela

EDIÇÃO DIGITAL DIÁRIA DO ÓRGÃO OFICIAL INFORMATIVO DO PARTIDO SOCIALISTA

Orçamento regional
Um novo ciclo à altura do “empenho, coragem e convicção” dos açorianos
AUTOR

Partido Socialista

DATA

30.11.2017

FOTOGRAFIA

dr

Um novo ciclo à altura do “empenho, coragem e convicção” dos açorianos

O presidente do Grupo Parlamentar do PS Açores, André Bradford, enalteceu ontem o contributo dos açorianos que, com o Governo socialista, se empenharam para dar a volta à crise e criar um novo ciclo de desenvolvimento região. 

 

No discurso de encerramento da discussão das propostas de Plano e de Orçamento para 2018, que são votadas esta quinta-feira, na Assembleia Legislativa Regional, André Bradford não poupou também críticas à oposição, que teima em desvalorizar “um trajeto de tenacidade, empenho, coragem e convicção das famílias e das empresas açorianas, que suplantaram, com o apoio de vários planos e de vários orçamentos públicos, uma longa e desafiante crise económica e social”.

“Provámos, em conjunto com os açorianos, que afinal, e ao contrário do que profetizou, com gáudio, o senhor deputado Duarte Freitas, num dos debates do Plano e Orçamento ocorridos em plena crise, foi esta maioria e a sua governação que, trilhando caminhos com resultados, conseguiu ultrapassar o que o PSD então apelidava de “maior crise económica e social da história da Autonomia”, referiu o líder parlamentar socialista.

Para André Bradford, “na realidade da vida de todos os dias, das nossas famílias e das nossas empresas, a recuperação da nossa economia e dos rendimentos das pessoas é um facto, é um estímulo e é uma conquista que é imperioso preservar”. E, acrescentou, “os dados são inequívocos a esse respeito, demonstrando com clareza que, em parceria com os açorianos, fomos capazes de colocar a nossa região no rumo certo”.

Agora, adiantou o líder dos parlamentares socialistas, “podemos entrar, com confiança, num novo ciclo de políticas de apoio ao desenvolvimento”. É possível, acrescentou “dirigirmos a nossa atenção para um conjunto de medidas e de ações que ajudem a potenciar e a reforçar esta evolução positiva da nossa economia, com particular enfoque no aumento do rendimento disponível das nossas famílias”. 

No entanto, como tem sido referido insistentemente, o PS Açores, mantém o compromisso de “empenhar o melhor de nós na procura de soluções para quem continua, infelizmente, desempregado”, acrescentou.

Também sectores como o ambiente, as pescas e os transportes vão ser uma aposta, sem esquecer a agricultura – “fundamental na economia da região” – que mereceu igualmente destaque na intervenção do parlamentar socialista, por ser um sector que “exige uma permanente atenção no sentido da qualificação e valorização da produção e do aumento do rendimento das suas várias fileiras”.

O parlamento açoriano, onde o PS tem a maioria, vota hoje o Plano e Orçamento regionais para 2018, apresentados pelo Executivo socialista liderado por Vasco Cordeiro, no final de uma sessão em que se pronunciará igualmente sobre 165 propostas de alteração aos documentos.

 

Capa Edição Papel
 
EDIÇÃO Nº1413
Maio 2019