1006

19 Jun 2019

| diretora: Edite Estrela

EDIÇÃO DIGITAL DIÁRIA DO ÓRGÃO OFICIAL INFORMATIVO DO PARTIDO SOCIALISTA

Educação e Cultura
Projeto Residências Artísticas leva São Carlos às escolas
AUTOR

Partido Socialista

DATA

17.11.2017

FOTOGRAFIA

DR

Projeto Residências Artísticas leva São Carlos às escolas

Foi hoje apresentado o projeto Residências Artísticas 2018 – São Carlos nas Escolas, uma iniciativa partilhada pelos ministérios da Cultura e da Educação que vai levar a música erudita e o canto a escolas de cinco regiões do país - Norte, Centro, Lisboa e Vale do Tejo, Alentejo e Algarve - entre janeiro e junho do próximo ano.

 

A iniciativa, que se destina a crianças do primeiro ciclo do ensino básico, tem por objetivo integrar as práticas artísticas no dia-a-dia dos alunos, no sentido de desenvolver um plano de intervenção em diversas formas de arte em contexto escolar.

Durante uma semana, músicos profissionais do Teatro Nacional de São Carlos vão realizar um trabalho sistemático com os alunos e os professores de uma escola, nas áreas de Percussão, Sopros, Cordas e Voz, no sentido de desenvolver o conhecimento musical, bem como promover a aprendizagem e experimentação do processo de criação artística. O culminar da residência é a apresentação de um espetáculo à comunidade educativa local.

Este ano, as residências artísticas a concretizar são nos domínios instrumental e coral, no entanto, outras experiências serão desenvolvidas, em anos letivos futuros, nomeadamente nas áreas da dança, teatro e artes visuais.

Está ainda previsto, no âmbito do protocolo, que os alunos e os professores assistam a um espetáculo ou uma iniciativa no espaço da entidade organizadora das residências, estimulando a aproximação entre a população escolar e os espaços de cultura.

O projeto Residências Artísticas 2018 – São Carlos nas Escolas foi apresentado no Teatro Nacional de São Carlos, em Lisboa, pelos secretários de Estado da Cultura, Miguel Honrado, e da Educação, João Costa, numa cerimónia que incluiu ainda a assinatura do protocolo que estabelece o compromisso de desenvolver um programa continuado de residências artísticas em contexto escolar por todo o país.

Este projeto, integrado no Plano Nacional das Artes do Ministério da Cultura e no Programa de Educação Estética e Artística do Ministério da Educação, visa a promoção de dinâmicas de trabalho sistemático entre as instituições culturais e escolares, o conhecimento no domínio das diferentes formas de arte, bem como o conhecimento das instituições culturais, proporcionando o alargamento dos hábitos de Cultura entre a população escolar.

AUTOR

Partido Socialista

DATA

17.11.2017

Capa Edição Papel
 
EDIÇÃO Nº1413
Maio 2019