1005

18 Jun 2019

| diretora: Edite Estrela

EDIÇÃO DIGITAL DIÁRIA DO ÓRGÃO OFICIAL INFORMATIVO DO PARTIDO SOCIALISTA

CPLP
Portugal propõe que 2018 seja ano contra a violência sobre mulheres e raparigas
AUTOR

Partido Socialista

DATA

02.11.2017

FOTOGRAFIA

DR

Portugal propõe que 2018 seja ano contra a violência sobre mulheres e raparigas

O Governo português levou a Brasília a proposta de que 2018 seja adotado pela Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) como o ano de combate à violência sobre mulheres e raparigas.

 

A iniciativa foi anunciada pela secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade, Rosa Monteiro, que participa na V reunião de responsáveis pela Igualdade de Género da CPLP, na capital brasileira.

Na sua intervenção, Rosa Monteiro sublinhou os avanços alcançados por Portugal na promoção da igualdade de género, quer no âmbito da agenda para a igualdade no mercado de trabalho e nas empresas, quer através da estratégia nacional de educação para a cidadania, ou ainda na estratégia nacional de prevenção e combate à violência doméstica e de género.

No âmbito da proposta apresentada por Portugal, em relação à qual se espera uma forte adesão por parte de todos os países, ficando assim refletida no texto final da Declaração de Brasília, a secretária de Estado adiantou que seria disponibilizado um apoio financeiro para o desenvolvimento de iniciativas associadas.

Da reunião de Brasília sairá também o Plano de Ação da CPLP 2017-2020 para a Igualdade de Género e Empoderamento das Mulheres, bem como um memorando de entendimento entre a CPLP e a ONU Mulheres, que vem reforçar a cooperação multilateral nesta área.

Capa Edição Papel
 
EDIÇÃO Nº1413
Maio 2019