1005

18 Jun 2019

| diretora: Edite Estrela

EDIÇÃO DIGITAL DIÁRIA DO ÓRGÃO OFICIAL INFORMATIVO DO PARTIDO SOCIALISTA

Autárquicas
Vitória histórica nos Açores
AUTOR

Mary Rodrigues

DATA

02.10.2017

FOTOGRAFIA

DR

Vitória histórica nos Açores

O PS/Açores obteve uma vitória histórica ao alcançar 12 câmaras municipais em 19 concelhos, aumentando a “sua votação” num conjunto de autarquias e também ao nível das assembleias de freguesia.

 

Em comunicado, o presidente dos socialistas açorianos Vasco Cordeiro realçou que estes resultados “dão bem nota da crescente implantação, ao nível do poder local, do Partido Socialista”.

E declarou que assume o resultado destas eleições “com satisfação, mas também com a consciência muito clara daquilo que este resultado implica”.

Segundo Vasco Cordeiro, os socialistas dos Açores estão iniludivelmente perante a necessidade de “honrar a confiança que foi depositada no PS e de trabalhar para cumprir cada um dos compromissos que foram assumidos nestas eleições”.

Depois, dirigiu uma saudação a todos os eleitos, aos partidos políticos que concorreram, aos candidatos “que foram a voz e a cara do PS”, e aos movimentos de cidadãos.

A concluir, o líder regional socialista salientou a importância do trabalho dos que conseguiram alcançar sucesso nas suas candidaturas, reforçando também a participação daqueles que, não tendo logrado alcançar sucesso, “contribuirão para o desenvolvimento de cada uma das nossas comunidades”.

 

Melhor resultado de sempre Madeira

Por sua vez, o líder do PS/Madeira saudou efusivamente o resultado eleitoral dos socialistas, que não só alcançaram o melhor resultado de sempre numas eleições autárquicas regionais, como também destronaram e superaram o PSD, reduzido a formar executivo em três concelhos.

Vincando que o PS tem maioria em quatro concelhos madeirenses, uma vez que a autarquia funchalense manteve a coligação partidária onde o PS é a principal força, Carlos Pereira exortou o presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, a “fazer uma reflexão” sobre a legitimidade para governar a região autónoma face à derrota do PSD nas eleições autárquicas, que descreveu como “catastrófica”.

O PSD, que detinha quatro autarquias, venceu apenas em três (Câmara de Lobos e Calheta, na zona oeste da ilha, e Porto Santo), num total de onze concelhos.

A partir de agora, o Governo regional madeirense é suportado por um partido que teve uma "derrota categórica nas eleições”, pontualizou Pereira.

De salientar que o PS venceu em três de 11 concelhos: Machico e Porto Moniz, com maioria absoluta, e Ponta do Sol, com maioria relativa. No Funchal, os socialistas ganharam a Câmara Municipal integrados na coligação Confiança, juntamente com o BE, JPP, PDR e Nós, Cidadãos!.

Capa Edição Papel
 
EDIÇÃO Nº1413
Maio 2019