1085

12 Nov 2019

| diretora: Edite Estrela

EDIÇÃO DIGITAL DIÁRIA DO ÓRGÃO OFICIAL INFORMATIVO DO PARTIDO SOCIALISTA

Economia
Portugal pode ter maior crescimento do século
AUTOR

Mary Rodrigues

DATA

05.09.2017

FOTOGRAFIA

dr

Portugal pode ter maior crescimento do século

O ministro da Economia prevê que Portugal feche 2017 com o maior crescimento económico do século.

 

Em entrevista ao jornal espanhol “El País”, Manuel Caldeira Cabral começou por afirmar que o crescimento do PIB no segundo trimestre (2,9%) foi o maior dos últimos 17 anos e no semestre foi de 2,8%, salientando que desde 2010 que a economia portuguesa não crescia acima da média da zona euro em três trimestres consecutivos.

A receita, garante Caldeira Cabral foi acabar com o “espartilho da austeridade”.

“Acabamos com a austeridade e adotámos uma política moderada e responsável; devolvemos rendimentos aos trabalhadores e pensionistas e assegurámos aos cidadãos que não teriam mais cortes sociais. Assim se recuperou a confiança dos portugueses e dos investidores”, explicou.

Questionado sobre se o boom turístico foi o motor desta recuperação, o governante português referiu que “os motores são o investimento e as exportações, que estão muito diversificada”.

Relativamente ao setor do turismo, Manuel Caldeira Cabral destacou que a principal novidade é o crescimento do número de turistas provenientes de França, Alemanha, China, Índia e Estados Unidos.

“Crescemos em qualidade e os turistas aumentaram 11% este ano e a faturação 20%”, afirmou o governante, revelando que neste momento “estão em construção 200 hotéis, a maioria de quatro e cinco estrelas”.

A propósito do compromisso assumido pelo Executivo português liderado por António Costa de não basear a competitividade nacional nos baixos salário, Caldeira Cabral defendeu a necessidade de valorizar a produção nacional.

“Isso passa pelo design, a criação de marcas e a nossa integração na cadeia de valor”, pontualizou, deixando bem claro que os ordenados em Portugal não foram recortados, foi criado emprego e promovido o crescimento das exportações.

Ainda sobre a Web Summit tecnológica, o ministro da Economia frisou que o evento atrai 60 mil pessoas e também um investimento que, pela primeira vez, transfere áreas da engenharia, investigação e da tecnologia, conduzindo a uma alteração estrutural da economia portuguesa.

 

AUTOR

Mary Rodrigues

DATA

05.09.2017

Capa Edição Papel
 
EDIÇÃO Nº1414
Agosto 2019