1044

13 Set 2019

| diretora: Edite Estrela

EDIÇÃO DIGITAL DIÁRIA DO ÓRGÃO OFICIAL INFORMATIVO DO PARTIDO SOCIALISTA

Jornadas PS/Açores
“Desenvolvimento do Nordeste apresenta indicadores muito positivos”
AUTOR

Partido Socialista

DATA

10.07.2017

FOTOGRAFIA

DR

“Desenvolvimento do Nordeste apresenta indicadores muito positivos”

O Grupo Parlamentar do Partido Socialista dos Açores levou a cabo, na quinta e sexta-feira da última semana, as suas Jornadas Parlamentares em São Miguel, integradas no roteiro que o PS da região dedicou ao setor das pescas. Parte dos trabalhos dos deputados socialistas realizou-se no Nordeste, um concelho que “regista, neste momento um processo de desenvolvimento muito interessante com indicadores muito positivos”, como enfatizou o líder parlamentar, André Bradford.

 

Na conferência de imprensa de encerramento das Jornadas Parlamentares, André Bradford fez questão de sublinhar que o Nordeste é “o terceiro concelho com maior aproveitamento de fundos comunitário dos Açores, um concelho que está a direcionar-se de uma forma que encerra um grande potencial para a áreas do turismo, da incubação de pequenas empresas e também para a fileira da madeira”.

O presidente do Grupo Parlamentar dos socialistas, que falava no primeiro hotel de 4 estrelas deste concelho açoriano, salientou o crescimento que se regista no setor do turismo, em concreto na oferta de alojamento local e de turismo rural.

“Em quatro anos duplicaram as ofertas de alojamento turístico e isso é um indicador muito relevante, que demonstra que a política de acessibilidades e a aposta que foi feita, há uns anos, no melhoramento das acessibilidades do concelho, foi uma política acertada. Aproximou o concelho do Nordeste do resto da ilha. Tornou o Nordeste um concelho com potencial do ponto de vista turístico que consegue competir” com as outras ofertas dos Açores, destacou.

Da agenda dos deputados do Grupo Parlamentar do PS Açores fez parte uma visita às matas de criptoméria. “É aqui no Nordeste que se verifica de forma mais evidente o processo do reordenamento da floresta dos Açores”, afirmou André Bradford, realçando a “dupla virtude” do investimento que está a ser feito na zona: “Por um lado permite rentabilizar a nossa mata, torná-la num negócio – e isso tem um reflexo positivo -, mas por outro lado é também uma forma de proteger o nosso património a esse nível, reordenando-o, tornando-o mais segura a proteção das linhas de água”.

 

Roteiro das pescas

As Jornadas Parlamentares serviram também para encerrar o roteiro dedicado às pescas, que o Grupo Parlamentar do PS Açores promoveu nas últimas três semanas, em que os deputados socialistas realizaram mais de uma dezena de encontros em sete ilhas dos Açores, contactando “com os diversos intervenientes da fileira da pesca – desde os armadores, aos pescadores, aos empresários, aos compradores e aos distribuidores e exportadores”.

Reconhecendo que “há dificuldades no setor” e que “há situações complexas” que estão localizadas numa determinada comunidade piscatória – “que não deixam de nos preocupar” – André Bradford defendendo que é preciso encontrar respostas. O líder parlamentar também deu nota da necessidade de fazer progressos no envolvimento de todos os intervenientes do setor: “Há que melhorar a interligação entre a pesca e a exportação da pesca. Há que melhorar a articulação entre os vários agentes da pesca. O diálogo entre pesca, quem vende e quem exporá é fundamental porque se todos tiverem no mesmo barco a pescaria será melhor, se todos estiverem a remar para o mesmo lado de certeza que os objetivos são conseguidos de uma forma mais satisfatória para todas as partes”.

Capa Edição Papel
 
EDIÇÃO Nº1414
Agosto 2019