1028

23 Jul 2019

| diretora: Edite Estrela

EDIÇÃO DIGITAL DIÁRIA DO ÓRGÃO OFICIAL INFORMATIVO DO PARTIDO SOCIALISTA

Metas orçamentais
António Costa confiante em saída do défice excessivo antes do verão
AUTOR

Mary Rodrigues

DATA

05.05.2017

FOTOGRAFIA

dr

António Costa confiante em saída do défice excessivo antes do verão

Portugal vai sair do Procedimento por Défice Excessivo antes do verão, apontou o primeiro-ministro, defendendo que o país se encontra em pleno processo de "viragem".

 

Na abertura de um jantar da Câmara do Comércio Luso-Colombiana, António Costa manifestou a convicção sobre a futura decisão das instituições europeias em relação a Portugal.

“Tudo indica que antes do verão sairemos do Procedimento por Défice Excessivo. É uma viragem de página muito importante para a nossa imagem internacional, para a nossa estabilidade macroeconómica e para podermos prosseguir o esforço que as empresas e famílias têm feito para termos finanças públicas mais consolidadas, mais crescimento económico e mais emprego”, afirmou o líder do Governo socialistas.

Refira-se que estas afirmações de António Costa vieram na sequência de uma declaração sobre o mesmo tema feita pelo comissário europeu dos Assuntos Económicos, o francês Pierre Moscovici.

À margem de um debate no Parlamento Europeu, Moscovici disse: “Espero que essa saída seja possível e seja rápida, é isso que vamos examinar nos dias e semanas que se seguem”.

 

Pontes de diplomacia

Na sua intervenção, o primeiro-ministro revelou que o chefe de Estado colombiano, Juan Manuel Santos, vai visitar Portugal este ano e apresentou o nosso como um país “construtor de pontes na diplomacia, na economia e na cultura”.

“A abertura de Portugal ao mundo é uma vantagem competitiva importante", defendeu, num discurso em que também definiu o país como sendo agora caraterizado pela "estabilidade".

Em relação à Colômbia, António Costa referiu que ainda há poucos anos os portugueses apenas conheciam este país da América do Sul pelos livros de Gabriel Garcia Márquez.

“Cada vez conhecemos melhor a Colômbia do ponto de vista económico e político”, manifestou, advogando que os portugueses “temos um enorme potencial para aumentar as nossas exportações para a Colômbia, país que, tal como Portugal, está num momento de viragem”.

AUTOR

Mary Rodrigues

DATA

05.05.2017

Capa Edição Papel
 
EDIÇÃO Nº1413
Maio 2019