1091

20 Nov 2019

| diretora: Edite Estrela

EDIÇÃO DIGITAL DIÁRIA DO ÓRGÃO OFICIAL INFORMATIVO DO PARTIDO SOCIALISTA

Dados oficiais
Desemprego continua a descer e já atinge níveis de 2009
AUTOR

Rui Solano de Almeida

DATA

31.03.2017

FOTOGRAFIA

DR

Desemprego continua a descer e já atinge níveis de 2009

Os dados são hoje revelados pelo INE (Instituto Nacional de Estatística): o desemprego em Portugal continua a descer e fica nos 10% em fevereiro. Esta descida dos níveis de desemprego significa uma descida de 0,1% face ao registado no mês anterior e põe o desemprego a níveis de março de 2009.

 

Estes números mostram que em fevereiro de 2017 havia mais 126,3 mil novos postos de trabalho que nos 12 meses anteriores, cenário que vai ao encontro do que o Governo tem vindo a alertar, de que o mercado de trabalho continua a mostrar dinamismo com a criação líquida de emprego, com o desemprego a estar prestes a quebrar a barreira dos dois dígitos.

Segundo o INE, a taxa do emprego em Portugal foi a sexta mais elevada entre os 19 países da zona euro, com o desemprego a baixar, sobretudo, entre os adultos e homens, enquanto o número de jovens e mulheres desempregados ficou praticamente inalterado.

Em fevereiro de 2017, ainda segundo o INE, a população empregada aumentou, em comparação com o mês anterior, 0,3% ou seja, cerca de oito mil homens voltaram a entrar no mercado de trabalho, enquanto o emprego dos adultos, cujas idades situam-se entre os 25 e os 74 anos, também em fevereiro, e igualmente em comparação com o anterior mês de janeiro, aumentou 0,1%, o que quer dizer que mais 5,2 mil adultos encontraram emprego.

Também o Eurostat referiu o desemprego em Portugal, salientando que este foi o quarto trimestre consecutivo de aumento – em termos homólogos e em cadeia – do emprego em Portugal.

AUTOR

Rui Solano de Almeida

DATA

31.03.2017

Capa Edição Papel
 
EDIÇÃO Nº1414
Agosto 2019