1023

16 Jul 2019

| diretora: Edite Estrela

EDIÇÃO DIGITAL DIÁRIA DO ÓRGÃO OFICIAL INFORMATIVO DO PARTIDO SOCIALISTA

Voto de condenação
Preocupação do PS com Direitos Humanos não belisca relações com os EUA
AUTOR

Catarina Correia

DATA

03.02.2017

FOTOGRAFIA

jorge ferreira

Preocupação do PS com Direitos Humanos não belisca relações com os EUA

O Partido Socialista apresentou hoje, em plenário, um voto de condenação das recentes restrições em matéria de imigração e de acolhimento de refugiados, repudiando a posição adotada pelo novo Presidente dos Estados Unidos da América (EUA).

 

Lembrando que os EUA, “nação construída por imigrantes, sempre foram um exemplo, tendo bem impressa na sua identidade e caráter a abertura ao mundo”, o texto socialista condena as recentes medidas tomadas pela nova administração norte-americana, que quer bloquear “o acesso ao território americano a certas categorias de pessoas discriminadas em função da sua origem e credo religioso”. O PS considera tal decisão um “retrocesso civilizacional” e um “desrespeito por princípios elementares de Direitos Humanos”.

Ao apresentar o voto, o deputado Sérgio Sousa Pinto considerou que estas medidas, “pela sua crueldade e injustiça”, causam uma “viva preocupação” no povo português.

O deputado socialista vincou que a preocupação da Assembleia República é apropriada e compatível “com as relações que Portugal mantém, e que muito preza, com os Estados Unidos da América, Estado soberano, aliado e amigo de Portugal”.

O voto de condenação do PS foi aprovado no Parlamento.

 

AUTOR

Catarina Correia

DATA

03.02.2017

Capa Edição Papel
 
EDIÇÃO Nº1413
Maio 2019