1091

20 Nov 2019

| diretora: Edite Estrela

EDIÇÃO DIGITAL DIÁRIA DO ÓRGÃO OFICIAL INFORMATIVO DO PARTIDO SOCIALISTA

Homenagem
Assembleia da República atribui nome de Almeida Santos ao novo auditório do Parlamento
AUTOR

Partido Socialista

DATA

18.01.2017

FOTOGRAFIA

DR

Assembleia da República atribui nome de Almeida Santos ao novo auditório do Parlamento

A Assembleia da República homenageou hoje António de Almeida Santos, no dia em que se assinala o primeiro aniversário do seu falecimento, atribuindo o nome do antigo presidente do Parlamento ao auditório do Novo Edifício da casa da democracia.

 

Eduardo Ferro Rodrigues, que presidiu à cerimónia, evocou a memória do antigo presidente da Assembleia da República, enaltecendo Almeida Santos como um exemplo em defesa da democracia parlamentar e como homem de Estado.

“António de Almeida Santos foi um exemplo de parlamentar dialogante, de homem de Estado responsável, de jurista brilhante e de cidadão de causas e de cultura. Foi alguém que deixou a sua impressão digital em leis fundamentais e em discursos e textos memoráveis”, salientou.

Na sua intervenção, o atual presidente da Assembleia da República sublinhou que a democracia “não vive sem memória e sem a preservação diária dos seus valores e dos seus símbolos”, de que é exemplo a homenagem hoje prestada, como será proximamente com Barbosa de Melo, assegurando às novas gerações “referências da nossa vida parlamentar” e uma “fonte de inspiração para a sua ação futura”.

O contributo de Almeida Santos, enquanto presidente da Assembleia da República, para a modernização do parlamento e para a existência do Novo Edifício, a cujo auditório dá agora o seu nome, não foi igualmente esquecido, considerando Ferro Rodrigues ser “da mais elementar justiça” prestar esse tributo à sua “determinação e perseverança”.

Ferro Rodrigues salientou ainda, numa última nota, que o ano de 2016 revelou-se particularmente difícil para o Partido Socialista, que perdeu “o seu fundador e primeiro líder, Mário Soares, e o seu presidente honorário, Almeida Santos”.

Depois do descerramento da placa do auditório, pelas filhas de António de Almeida Santos, a atual deputada e dirigente socialista Maria Antónia Almeida Santos agradeceu a presença de centenas de amigos do seu pai na cerimónia, referindo que embora fosse avesso a homenagens, esta seria uma de que iria gostar.

“O meu pai não gostava de homenagens. Mas, se há homenagem que tenho a certeza que o honraria era esta, associando o seu nome ao auditório do edifício novo da Assembleia da República. O meu pai tentou sempre prestigiar o parlamento”, acrescentou Maria Antónia Almeida Santos.

Na cerimónia, marcaram presença, entre muitas personalidades, os vice-presidentes da AR Jorge Lacão, José Matos Correia, Teresa Caeiro e José Manuel Pureza, os líderes parlamentares do PS, Carlos César, do PSD e do BE, muitos deputados socialistas, o secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, Pedro Nuno Santos, em representação do Governo, o presidente do Conselho Económico e Social, António Correia de Campos, e vários antigos e atuais deputados e dirigentes partidários, de todos os quadrantes políticos.

Capa Edição Papel
 
EDIÇÃO Nº1414
Agosto 2019