1044

13 Set 2019

| diretora: Edite Estrela

EDIÇÃO DIGITAL DIÁRIA DO ÓRGÃO OFICIAL INFORMATIVO DO PARTIDO SOCIALISTA

Parlamento
Anterior Governo emagreceu o serviço público de transportes
AUTOR

Catarina Correia

DATA

13.10.2016

FOTOGRAFIA

Jorge Ferreira

Anterior Governo emagreceu o serviço público de transportes

O deputado do PS João Paulo Correia acusou ontem o anterior Executivo de ter desinvestido nas empresas públicas de transportes durante os quatro anos de governação.

 

O vice-presidente da bancada socialista relembrou que o Governo do PSD e do CDS “moveu o maior ataque ao serviço público de transportes desde o 25 de abril”, tendo emagrecido “os transportes urbanos do Porto e de Lisboa”.

João Paulo Correia exemplificou: “A Carris ficou com menos 700 trabalhadores, a Metro Lisboa ficou com menos 300 trabalhadores, a Transtejo e a Soflusa ficaram com menos 80 trabalhadores”.

“Durante esses quatro anos, a oferta de serviço no Porto e em Lisboa reduziu 25%, mas isto tinha uma estratégia”, denunciou: “Tornar estas empresas, com este emagrecimento, apetecíveis para as privatizações e para as subconcessões a privados”.

“E só uma nova maioria parlamentar e o novo Governo é que travaram esta agenda obsessiva por parte do PSD e do CDS”, sublinhou, com a “reversão das subconcessões a privados” e “a descentralização das operações dos transportes urbanos de Lisboa e do Porto”.

 

Capa Edição Papel
 
EDIÇÃO Nº1414
Agosto 2019