967

17 Abr 2019

| diretora: Edite Estrela

EDIÇÃO DIGITAL DIÁRIA DO ÓRGÃO OFICIAL INFORMATIVO DO PARTIDO SOCIALISTA

Programa Praxe+
Alternativa às praxes é mais integração e respeito pela autonomia pessoal

Alternativa às praxes é mais integração e respeito pela autonomia pessoal

O ministro da Ciência e Ensino Superior, acompanhado pelo primeiro-ministro, António Costa, foi ontem à receção dos novos alunos da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa, no Monte da Caparica, em Almada, para a apresentação do novo programa Praxe+.

 

Falando para estudantes e professores, Manuel Heitor felicitou o presidente da Faculdade e a presidente da Associação de Estudantes por terem sabido, como sublinhou, acolher os novos estudantes já com o espírito do novo programa Praxe+, dando assim prioridade a “formas de integração que respeitam a autonomia pessoal e o sentido crítico dos estudantes”.

O titular da pasta do Ensino Superior regozijou-se com a aposta feita pela Associação de Estudantes da FCTUNL por ter optado por um acolhimento aos novos alunos com uma alternativa às praxes tradicionais, defendendo que o Ensino Superior “é uma alegria” e que estudar, “sendo um esforço”, é um “esforço que tem de ser feito com alegria”.

Depois de destacar que o papel reservado ao Estado é dar oportunidade para que todos os jovens, através do Ensino Superior, “acedam ao conhecimento”, Manuel Heitor foi claro ao defender que a escolha do Praxe+ significa um passo em frente na consolidação do “prestígio do Ensino Superior” e um movimento de acolhimento “particularmente oportuno”.

Um novo olhar sobre as praxes

Sustentando que o programa Praxe+ visa organizar eventos de acolhimento aos novos estudantes no contexto das unidades de investigação, de modo a alargar o seu conhecimento sobre a instituição, “potenciar os momentos de partilha com outros estudantes e investigadores, estimular o sentido de curiosidade científica e promover um maior entrosamento futuro com os objetivos de aprender”, o ministro reforçou o que há muito vem defendendo, salientando que a prioridade do Governo, no que ao sector diz respeito, passa por alargar o Ensino Superior a “todos os jovens portugueses”, reafirmando que o novo programa Praxe+ tem como objetivo crucial proporcionar aos jovens de “todas as famílias em Portugal” passarem a ter acesso “com alegria ao conhecimento, à ciência e à cultura”.

A receção ao primeiro-ministro e ao ministro da Ciência e Ensino Superior na Faculdade de Ciências e Tecnologia incluiu ainda um espaço de debate entre os novos estudantes e estudantes de doutoramento e investigadores de vários centros de investigação, incluindo os laboratórios de investigação de materiais, de investigação aplicada em biociências moleculares, entre outros.

Capa Edição Papel
 
EDIÇÃO Nº1412
Fevereiro 2019