1003

14 Jun 2019

| diretora: Edite Estrela

EDIÇÃO DIGITAL DIÁRIA DO ÓRGÃO OFICIAL INFORMATIVO DO PARTIDO SOCIALISTA

Visita de Ban Ki-moon
Portugal transmitiu consenso em torno da candidatura de António Guterres

Portugal transmitiu consenso em torno da candidatura de António Guterres

A visita oficial do secretário-geral da ONU a Portugal foi hoje aproveitada pelo presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues, para transmitir a Ban Ki-moon o “grande consenso” que existe em Portugal em torno da candidatura de António Guterres à sua sucessão no mais alto cargo das Nações Unidas.

 

“Como é evidente, não depende do secretário-geral essa decisão, mas ficou bem expressa a nossa posição. A posição do parlamento português é muito consensual neste sentido”, afirmou Ferro Rodrigues, no final do encontro mantido esta manhã.

Ferro Rodrigues destacou ter sido “uma grande honra para o parlamento português e para o presidente da Assembleia da República poder receber o secretário-geral das Nações Unidas, um homem que se tem batido nos últimos dez anos por conseguir que os conflitos se resolvam o mais pacificamente possível e que tem desempenhado, em todas as crises, um papel de procura e de busca de soluções”.

No encontro com Ban Ki-moon, o presidente do Parlamento manifestou também a “preocupação portuguesa com a crise dos refugiados”, sublinhando “a disponibilidade que o governo português e toda a Assembleia da República têm sempre manifestado no sentido de um apoio humanitário bastante mais rápido e bastante mais eficaz do que até agora foi feito, sobretudo ao nível da União Europeia e por parte de Portugal”.

Ferro Rodrigues recordou que Portugal tem reiterado a sua disponibilidade para receber até dez mil refugiados, número que supera em mais do dobro a quota inicialmente estabelecida.

“O único problema que existe é um problema de organização por parte da União Europeia, da Comissão Europeia, das autoridades dos países onde esses migrantes estão mais localizados para poderem vir para Portugal, para trabalhar, para se inserirem em situações de estudo e também a nível social”, referiu.

Após o encontro com Ferro Rodrigues, o secretário-geral das Nações Unidas subiu à tribuna dos convidados no plenário, onde decorria o debate quinzenal com o primeiro-ministro, sendo aplaudido de pé pelos deputados de todas as bancadas e pelos membros do Governo.

Ban Ki-moon recebido por António Costa

A visita oficial de dois dias de Ban Ki-moon a Portugal iniciou-se ontem, com uma reunião de trabalho no Palácio das Necessidades com o ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, e um encontro com o primeiro-ministro, António Costa, com quem jantou na residência oficial.

A participação portuguesa nas operações de paz das Nações Unidas, a importância dada à temática dos oceanos, partilhada por Portugal e Nações Unidas, a resposta à crise dos refugiados e a situação na Guiné-Bissau, também no quadro da segurança da costa ocidental africana e no golfo da Guiné, foram os temas abordados na reunião de trabalho com o Governo português, relativamente aos quais, referiu o titular da pasta dos Negócios Estrangeiros, “ houve uma grande convergência de pontos de vista”.

A visita de Ban Ki-moon termina hoje, com um encontro com o Presidente da República, no Palácio de Belém.

 

DR

Capa Edição Papel
 
EDIÇÃO Nº1413
Maio 2019