1034

31 Jul 2019

| diretora: Edite Estrela

EDIÇÃO DIGITAL DIÁRIA DO ÓRGÃO OFICIAL INFORMATIVO DO PARTIDO SOCIALISTA

Educação
Aposta nas salas de aula do futuro
AUTOR

Rui Solano de Almeida

DATA

26.02.2016

FOTOGRAFIA

TVI

Aposta nas salas de aula do futuro

O ministro da Educação inaugurou, na passada quinta-feira, na Escola Secundária de Alcanena, a sétima «sala de aula do futuro», um equipamento que procura responder a novas soluções pedagógicas, e que será replicado em outras 30 escolas do país.

 

Na ocasião, Tiago Brandão Rodrigues salientou que as novas salas de aulas do futuro, as já existentes e as que futuramente serão inauguradas, resultam de iniciativas que partem em primeiro lugar das escolas, e que o Ministério da Educação dá o apoio técnico e científico, sendo os próprios estabelecimentos de ensino ou os agrupamentos de escolas que identificam as particularidades e as necessidades educativas das suas regiões, potencializando a aprendizagem com critérios pedagógicos adaptados às comunidades.

Cada sala, sublinhou o titular da pasta da Educação, procura assim responder a “inquietações pedagógicas diferentes”, pelo que as tipologias adotadas são muito diversificadas e desenvolvidas de forma faseada.

Em relação à nova sala de aula instalada na escola de Alcanena, que pretende servir uma população escolar de cerca de 1600 alunos dos vários níveis de ensino, contará com um conjunto de valências, como um estúdio para vídeo e fotografia, robótica, mesa e quadro interativos ou ainda impressora 3D.

Equipamentos que estão preparados para transpor as suas potencialidades, como realçou Tiago Brandão Rodrigues, para o ensino de qualquer disciplina, já que o espaço configura, como sublinhou, uma “sala de aula regular”.

Depois de salientar que estas salas de aula do futuro “são uma aposta do Governo”, o ministro congratulou-se com a sinergia gerada entre o agrupamento de Alcanena e o Centro Tecnológico das Indústrias do Couro, em torno de um projeto na área da robótica, iniciativa que, como lembrou, “pretende motivar os jovens para a indústria”.

 

AUTOR

Rui Solano de Almeida

DATA

26.02.2016

Capa Edição Papel
 
EDIÇÃO Nº1414
Agosto 2019