1027

22 Jul 2019

| diretora: Edite Estrela

EDIÇÃO DIGITAL DIÁRIA DO ÓRGÃO OFICIAL INFORMATIVO DO PARTIDO SOCIALISTA

Edite Estrela

Opinião

AUTOR

Hélder Carvalho

DATA

18.09.2015

TÓPICOS

Pela Liberdade, Justiça e Democracia

Participei no dia 4 de Setembro na ação de campanha de António Costa em que, depois da sua chegada de comboio à Estação de S. Bento, fizemos a pé um percurso até à Ribeira, no Porto.

 

Na minha caminhada, onde apenas pretendia mostrar apoio pessoal ao projeto do PS para a próxima legislatura, deparei-me com a participação do Arquiteto Nuno Portas e do Doutor Fernando Aguiar Branco. Precisamente os pais de duas personalidades que de maneira insofismável têm assumido alta responsabilidade ao lado de Passos Coelho na governação deplorável que o PSD nos tem imposto nestes quatro anos.

Dei comigo a perguntar-me com que estado de espírito estes pais se colocam do outro lado da trincheira dos seus próprios filhos! Que razão maior o determina? Que coragem pessoal e que força interior é preciso para assumir tal atitude? 

São figuras cujo currículo e competência ninguém contesta. São personalidades exemplares na sua dedicação à causa pública. Afinal o que os move!? O que os leva a darem a cara nestas circunstâncias!? Que força maior os retira do remanso merecido dos guerreiros!? 

Não me parece que procurem obter sinecuras políticas ou brilhar na multidão. 

Estes decanos defendem tão-somente os seus ideais e a sua liberdade de decidir. Eles apontam o caminho que lhes parece mais realista para atingirmos a democracia que merecemos. E deixam-nos o seu sinal, mesmo que com o seu gesto renunciem a sentimentos pessoais que também lhes serão caros.

 Redobro para com eles a minha reverência e consideração.

 

AUTOR

Hélder Carvalho

DATA

18.09.2015

TÓPICOS
Capa Edição Papel
 
EDIÇÃO Nº1413
Maio 2019